Novidades? Sim, em todas as áreas, diariamente!

A última semana foi movimentada! Com a detecção de ondas gravitacionais, propostas por Albert Einstein há 100 anos, houve um grande rebuliço midiático. Todas as formas de comunicação passaram horas explicando, e até mesmo desenhando, esta descoberta, conseguindo que o tema fosse discutido pelas mais diferentes pessoas, em ambientes com todos os graus de instrução.

Além do gigantesco valor científico, abrindo uma nova forma de estudar e compreender o Universo em que vivemos, a divulgação científica desta descoberta alcançou todo o espectro possível de pessoas. Deste modo, conseguiu mostrar que o interesse pelas Ciências e a busca por respostas sobre o Universo independe de fatores financeiros, educacionais, religiosos ou étnicos.

Diariamente, diversas descobertas e confirmações de teorias são publicadas em revistas científicas. Como no caso das ondas gravitacionais, grande parte dos artigos são referentes a pesquisas de base que irão gerar, no futuro, novas formas de se aprender mais sobre o mundo em que vivemos, nas mais diferentes áreas do conhecimento.

A Fundação Planetário, como um órgão de divulgação das Ciências em geral, é responsável por levar a você, de uma maneira mais palatável, estas descobertas na área da Astronomia (e temos conseguido, graças a uma equipe muito bem preparada e especializada, executar nossa missão com resultados excelentes).

Você, leitor, sinta-se à vontade para nos procurar pessoalmente, escrever, mandar mensagens, que estaremos preparados para lhe proporcionar respostas (caso existam) e um conhecimento sobre a mais bela das Ciências: a Astronomia!!

Compartilhar
Jorge Marcelino
Astrônomo da Fundação Planetário da Cidade do Rio de Janeiro -Experiência na área de Astronomia, atuando principalmente nos seguintes temas: Ensino e História da Astronomia, Instrumentação Astronômica, Estrelas Variáveis e Galáxias em Grandes Redshifts. http://lattes.cnpq.br/1816289218589730