Um Telescópio na Lua

 

A International Lunar Observatory Association e a Moon Express anunciaram, no último dia 18 de julho, que pretendem lançar um radiotelescópio no espaço em 2015. Até aí tudo bem. Alguns telescópios já foram para o espaço, mas este programa possui algumas peculiaridades inéditas e interessantes.

 

A principal é o local onde ele será instalado: na Lua! Mais especificamente no polo Sul da Lua. E não será apenas um radiotelescópio; outros equipamentos de exploração também irão para lá. Acredita-se que haja recursos naturais que podem ser captados. Além disso, as observações podem ser controladas aqui da Terra por cientistas, educadores e o público em geral.

 

O desafio me parece muito grande, pois 2015 está muito próximo. Eles já possuem experiências em equipamentos espaciais, mas enviar um radiotelescópio para o polo lunar é um passo muito maior. Não foram muitas sondas espaciais que voltaram à superfície lunar depois da Apollo 17, em 1972, que voltou com os últimos astronautas a pisarem na Lua. Um dos motivos para este fato é a dificuldade para pousar algo na Lua. Por isso, o tempo parece ser curto.

 

Ainda por cima, os polos são lugares onde a extrema variação de temperatura ocorre com mais frequência. De todo modo, eles sabem disso e devem estar estudando o assunto.

 

Mas o ponto alto deste projeto é ter um equipamento científico na borda de uma cratera na Lua e disponibilizá-lo para usuários de qualquer lugar do mundo. É um incrível instrumento de divulgação científica. Imaginem os trabalhos que podem ser desenvolvidos com crianças e jovens que gostam do assunto, que não são poucos. Astronomia desperta muito interesse em muitas pessoas em qualquer lugar, mas é nessa faixa etária que se deve trabalhar para despertar a vocação científica. O Brasil é um país que precisa muito que novos cientistas sejam formados!

 

 

Compartilhar
Wailã de Souza
Astrônomo da Fundação Planetário da Cidade do Rio de Janeiro - Experiência na área de Divulgação Científica, com ênfase em Museus e Centros de Ciências. É coordenador da equipe de mediadores do Museu do Universo. http://lattes.cnpq.br/7648932466369564